Bate-papo Célula

TATOO – E AÍ, IGREJA?

 

Volta e meia alguém me faz essa pergunta, mas na verdade alguns não desejam ouvir, apenas querem a aprovação do seu líder. Esse comportamento se repete em várias outras áreas e assuntos. Como pastor e preocupado com o perigo, tento explicar, mas percebo imediatamente que o objetivo é apenas a minha aprovação por causa de sua consciência. Poderíamos começar a refletir com essa pergunta: Será que os servos de Deus são livres para fazerem o que quiserem? Vou responder com dois (2) textos bíblicos básicos: Gálatas 5:13 – “Irmãos, vocês foram chamados para a liberdade. Mas não usem a liberdade para dar ocasião à vontade da carne; pelo contrário, sirvam uns aos outros mediante o amor”, e I Coríntios 8:9 – “Contudo, tenham cuidado para que o exercício da liberdade de vocês não se torne uma pedra de tropeço para os fracos”. Viver como igreja é um desafio e só se torna realidade se o amor de Deus é o nosso alvo. Começa assim: As coisas mais simples para uns, podem ser escandalosas para outros. Essa preocupação é essencial, pois ser de Cristo significa morrer para si mesmo e viver para a glória de Deus (Gálatas 2.20). Se o senhorio de Cristo está assentado no coração, há pouca ou nenhuma resistência para anular as vontades e desejos pessoais. Não podemos dizer que faremos determinada coisa polêmica, como se a igreja, ou seja, nossos irmãos em Cristo, não tivessem nenhuma importância. Por isso, Jesus disse “... Portanto, se aquilo que eu como leva o meu irmão a pecar, nunca mais comerei carne, para não fazer meu irmão tropeçar” (I Cor. 8.13). Preste a atenção que Paulo está falando sobre alimento, algo básico e necessário. Tatuagem não é algo indispensável e por isso, devemos conhecer os valores e princípios bíblicos que nos ajudam a esclarecer aquilo que aos nossos olhos parecem não estar tão claro assim na Bíblia. Por exemplo, roupas. A bíblia não é clara sobre qual o tipo de roupas devemos usar, mas nos dá o princípio da decência. Tatuagens é o tipo de assunto desse jeito. Há uma onda cada vez mais crescente sobre tatuagens, essas marcas pelo corpo, que “enfeitam” e até “enfeiam”. Alguns abominam outros não enxergam nisso qualquer problema. O que a Bíblia fala sobre tatuagem? Para ser honesto, não há outro texto bíblico que fale sobre tatuagem, do que Levítico 19.28: "Não façam cortes em seus corpos por causa dos mortos, nem tatuagem em si mesmos. Eu sou o Senhor". O texto de apocalipse 19.16, alegado como sendo uma aprovação à tatuagem, na verdade é um equívoco, já que no original a tradução mais apropriada para seria: "e tem sobre a veste [manto], isto é, [que está] sobre a sua coxa um nome escrito: Rei dos reis e Senhor dos senhores". O texto de levítico 19.28 adverte sobre práticas de feitiçaria (vs.26), e sobre homenagens à mortos, através de marcas no corpo. Essa é uma informação importante, pois revela a essência da origem das tatuagens e o seu envolvimento com feitiçarias e idolatrias. E hoje? É evidente que muitos tatuam nomes de pessoas, times esportivos, brasões, símbolos na sua maioria esotéricos. Há pouco ou nenhum conhecimento sobre os símbolos que existem nas tatuagens. Mesmo tatuagens bem pequenas podem transmitir mensagens diabólicas, como no caso da “tatuagem do infinito”, que simboliza, além de outros, a ideia da reencarnação. É pecado se tatuar hoje? Iniciamos declarando que: “Tudo o que fazemos nesse mundo, deve glorificar a Deus”, porém tatuar-se tem sido apenas para a satisfação pessoal. Será que esta é uma razão suficientemente boa? Em I Co 10.31, Paulo diz: Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus”. Tem que ser para a glória de Deus e não para a satisfação pessoal. Não somos escravos de Deus, mas filhos amados que não desejam entristecer a Deus com desejos que visam única e exclusivamente a satisfação pessoal. Olha o que diz Rm 14.15-16: Se o seu irmão se entristece devido ao que você come, você já não está agindo por amor. Por causa da sua comida, não destrua seu irmão, por quem Cristo morreu. Aquilo que é bom para vocês não se torne objeto de maledicência. Fazer tatuagens só porque o mundo faz, é pecado. Fazer tatuagens só porque quero satisfazer minha vontade, é pecado. Não me importar se escandaliza ou não os outros, além de pecado é uma desobediência direta as ordens de Deus. Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria (Col. 3.5).

BATE PAPO – Como você se sente quando tem que abrir mão de um desejo pessoal, em obediência a Palavra de Deus, para não escandalizar alguém? (Use os textos bíblicos do editorial para refletir).